Município de Maputo queixa-se do depósito de lixo em locais impróprios

Funcionários do Conselho Municipal da Cidade de Maputo (CMCM) queixam-se do depósito de lixo em locais impróprios na Cidade de Maputo. Acusam ainda os recicladores de tirarem o lixo dos contentores e jogá-lo ao chão.

De dia, a baixa da cidade de Maputo é muito movimentada e suja. Mas, ao cair da noite, a cidade das acácias ganha uma nova imagem.

Todos os dias, às 21 horas, os funcionários do Conselho Municipal da Cidade de Maputo reúnem-se na baixa da cidade para varrer e remover todo o lixo que tira o mínimo do brilho que o centro da cidade podia ostentar.

Um dos funcionários do Município que abandonam o sono e escalam as principais avenidas da baixa da cidade de Maputo lamenta o facto de os vendedores informais deitarem o lixo na via pública.

“Quando tentas intervir, no sentido de as pessoas não deitarem o lixo no chão, há quem diz que se não deitar lixo no chão nós não teremos trabalho. Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Seria bom que, depois de efetuarem as suas actividades informais, recolhessem ou amontoassem o lixo num só lugar, depois nós iríamos tirá-lo”, explicou.

Os recicladores de lixo, que deviam ser exemplo de boa gestão dos resíduos sólidos, também são apontados como parte dos que dificultam a limpeza na Cidade de Maputo. É que, segundo o CMCM, quando vão à procura de resíduos recicláveis nos contentores, espalham o lixo no chão e não o devolvem.

O Conselho Municipal da Cidade de Maputo apelou, ainda, aos vendedores ambulantes e aos munícipes para que valorizem o seu trabalho e colaborem com a edilidade, depositando o lixo em locais apropriados, garantindo, assim, que a urbe esteja limpa.

Similar Posts